Trekking

castelos do açu x portais de hercules

Trekking

castelos do açu x portais de hercules
Castelos do Açú e Portais de Hércules são atrações da famosa travessia, Petrópolis x Teresópolis, no Rio de Janeiro. Estão localizados no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, na sede de Petrópolis, Bairro de Bonfim – Corrêas.

Sobre o percurso até o Açú

A caminhada até o Morro do Açú exige do aventureiro preparo físico e força de vontade para vencer um desnível de 1.100 metros e alcançar uma altitude máxima de 2.232 metros. Trata-se da maior elevação petropolitana. O percurso até o ponto desejado leva cerca de 6 horas para ser realizado num total de 8 quilômetros de trilha. Portanto, o grau de dificuldade é pesado.

A trilha que leva até o Açú apresenta paradas com belíssimas paisagens. A cachoeira Véu da Noiva, primeira parada, é de beleza encantadora. O segundo ponto, é o mirante Pedra do Queijo, sob uma altitude já bastante elevada. Nele é possível visualizar o ponto inicial da caminhada e também o topo onde queremos chegar. O AJAX é o terceiro e mais importante ponto de pausa. É a hora em que nos abastecemos de água na nascente e recuperamos o fôlego para continuar no percurso mais difícil. O trecho da ISABELOCA.

A ISABELOCA é, nada mais nada menos, o ponto em que há desníveis irregulares de subida bastante íngreme. Degraus de tamanhos diversificados que exigem, em alguns trechos, o auxílio das mãos. Vencido este ponto, chega-se ao famoso Chapadão, já em campos de altitudes, cerca de 2.000 metros, bem próximo do nosso destino. A vista deste lugar já recompensa toda a caminhada, nos apresentando o cenário mágico que espera por nós.

O Chapadão ainda possui alguns obstáculos que precisam ser vencidos para chegar até o Açú. Após mais essa caminhada, surge a beleza geológica que forma o monumento natural dos Castelos do Açú. Grandes rochas agrupadas, cujas características deram margem para a imaginação do homem visualizar castelos, entre outros formatos. A emoção de vencer tamanha aventura e de chegar ao destino desejado toma conta de todos os que triunfaram este desafio.

O desafio com conquista recompensadora

O topo do Morro do Açú presenteia paisagens enriquecedoras da cidade do Rio de Janeiro e das demais formações rochosas que formam a cadeia de montanhas do PARNASO. O pôr do sol é visto sobre o ponto mais alto, numa Cruz fixada no solo; denominado como Cruzeiro. A natureza se encarrega de fazer o seu espetáculo. O sol se põe sobre as montanhas e a luz do luar e as estrelas começam a contracenar juntas às luzes da cidade carioca.

O Morro do Açú oferece infraestrutura para o pernoite. Como abrigo e área para camping. O abrigo possui cozinha compartilhada, banho quente, beliches e bivaque, proporcionando uma “estadia” mais confortável para os aventureiros.

O mirante Portais de Hércules

O amanhecer é realizado nos Portais de Hércules, considerado o mais belo mirante de todo o PARNA da Serra dos Órgãos. É possível contemplar, além do nascer do sol, a grandeza geográfica da Serra, com todas suas rochas de formatos singulares.  Pedra do Garrafão, Agulha do Diabo, São João, Santo Antônio, Cabeça de Peixe, Dedo de Deus, Dedo de Nossa Senhora e Escalavrado são os picos em que os Portais tem visão, além do vale que está  há mais de 300 metros abaixo.

Os Portais de Hércules posicionam-se no meio da travessia. O percurso sai da passagem principal, do caminho para o Sino, e não apresenta demarcações oficiais. Então é necessário o acompanhamento de guia experiente. A caminhada até o mirante tem uma duração de 1 hora e 30 minutos, a contar do Morro do Açú. Há uma distância aproximada de 3 quilômetros. O percurso possui grau de dificuldade pesado, por apresentar trechos íngremes e cercado por grandes vales.

Finalização da aventura na montanha

O término deste trekking é no mesmo caminho de onde partimos. É necessário retornar até o Açú novamente e depois caminhar cerca de 8 quilômetros de descida. No final desta maravilhosa aventura é possível realizar uma refeição self-service no restaurante próxima a portaria do parque, por um preço de aproximadamente R$20,00 reais. Este restaurante oferece estacionamento gratuito se adquirirem sua refeição. Vale muito a pena, pois a comida é deliciosa.

Observações:

Trilha não recomendada para SEDENTÁRIOS ou pessoas muito ACIMA DO PESO.

Roteiro:

1º dia: Subida até o Açú, uma caminhada de 8 quilômetros com pausa na Cachoeira Véu da Noiva e na Pedra do Queijo. Pôr do sol visto do Cruzeiro, o ponto mais alto do local, com 2.232 metros de altitude. Pernoite no abrigo do Açú.

2º dia: Saída antes do amanhecer para apreciar o nascer do sol do mirante Portais de Hércules. Retorno ao abrigo e volta à sede do parque.